Como montar seu roteiro de viagem à Europa

Como montar seu roteiro de viagem à Europa

  • Como montar seu roteiro de viagem à Europa?

BUS de 60 Lugares

De 22 Julho a 01 de agosto de 2018

1º Dia - Chegada a Londres Chegada ao aeroporto de Londres, recepção e traslado para o hotel. Hospedagem. Primeiros contatos com esta grande cidade, uma das maiores do mundo em superfície, com regras e sistemas de funcionamento que a tornam ainda mais interessante. Atravessada pelo Rio Tamisa, é composta pela "city" e por 32 circunscrições administrativas que, por sua vez, se dividem em bairros. Genericamente, distinguem-se na parte central de Londres duas áreas: "West End" com os bairros de comércio e residenciais a oeste da "City" e "East End" com os bairros industriais e populares do leste, perto do porto.

2º Dia - Londres Café da manhã. Saída para a visita desta cidade, com inúmeros monumentos e lugares de grande beleza, dos quais destacamos os seguintes: área comercial de Piccadilly, Regent Street e Oxford Street, Marble Arch, Hyde Park, monumento ao príncipe Alberto, marido da rainha Vitória, panorâmica do Parlamento vista da margem sul do rio Tamisa, Abadia de Westminster, a Torre do Relógio com o famoso "Big Ben", Whitehall, Praça Trafalgar, Arco do Almirantado e Palácio de Buckingham (assistência à cerimônia de troca da guarda, quando houver e sempre que possível). Tarde livre. À noite, conheça o ambiente de um dos típicos "pubs" desta cidade e faça um passeio pela cidade iluminada (opcional).

3º Dia - Londres Café da manhã. Dia livre para descobrir mais de Londres: Sugerimos a visita da Torre de Londres, situada na "City", onde se encontra a coleção de jóias da coroa de Inglaterra. Andando de metrô, táxi tipicamente inglês e ônibus de dois andares poderá chegar ao "London Eye", também conhecido como "roda gigante", para conseguir avistar toda a cidade, o "Madame Tussaud" - museu de cera mais completo do mundo, bem como o Museu Britânico, com as suas extraordinárias coleções e ainda desfrutar do variado comércio da rua mais cosmopolita de Londres - a Oxford Street - com o "Selfridges", ou, em outra área da cidade, a "Harrods", a loja de departamento mundialmente famosa. Poderá optar por fazer uma visita opcional ao Castelo de Windsor utilizado com frequência como residência de Verão da família real e à noite poderá assistir a um dos musicais dos bairros do Soho e de Picadilly.

4º Dia - Londres / Folkstone / Calais / Bruges / Bruxelas

Café da manhã. Partida para o sul da Inglaterra, atravessando a região de Kent, para chegar a Folkstone onde faremos a espetacular travessia do Canal da Mancha pelo famoso Eurotunnel (a maior obra de engenharia do séc. XX) em trem. Desembarque em Calais e continuação da viagem, passando perto de Dunkerque, porto conhecido pelo papel que teve na 2ª Guerra Mundial, na operação de evacuação das tropas aliadas para Inglaterra em Maio e Junho de 1940. Entrada na Bélgica pela região da Flandres Ocidental, com destino a Bruges. Tempo livre para visitar esta cidade medieval com ruas estreitas e pitorescos canais, que impressiona pela sua arquitetura e conservação. Bruges, tal como outras cidades flamengas, desenvolveu-se economicamente no séc. XII com base na fabricação e exportação de tecidos de lã que alimentou um comércio próspero até ao séc. XIV. Como resultado desta riqueza, destacamos como monumentos e praças a não perder: a Grand Place (Markt), a praça principal onde, desde o século X, se realiza o mercado, com a sua torre de 83 metros e carrilhão com 47 sinos, ex-libris da cidade; a praça do Burg, antigo centro político e religioso de Bruges, a Prefeitura, com a sua fachada decorada com estátuas e torreões, e o Palácio de Justiça, construído em estilo barroco no século XVII; e a Catedral de São Salvador, edifício gótico de tijolo com uma torre de 99 metros. Atravessando a província da Flandres Oriental, chegada a Bruxelas, na região de Brabant, para iniciarmos uma breve visita de orientação desta cidade bilíngue e cosmopolita onde convivem em harmonia o antigo e o moderno e que, em 1958, realizou a 1ª grande Exposição Universal depois da 2ª Guerra Mundial que teve como tema "o átomo ao serviço da paz". Capital nacional e sede da União Européia desde 1958, em Bruxelas não deixaremos de admirar a beleza da Grand Place, que o escritor francês do séc XIX, Victor Hugo, considerou uma das praças mais bonitas da Europa. A praça é dominada pela sua imponente Prefeitura em estilo gótico e aí perto se encontra o pequeno chafariz com a estátua do "Manneken Pis", adotado como um dos símbolos populares de Bruxelas. Hospedagem.

5º Dia - Bruxelas / Roterdã / Haia / Amsterdã

Café da manhã. Saída em direção ao norte, atravessando a província de Antuérpia, na região flamenga da Bélgica e entrada no Reino dos Países Baixos (Holanda) por Breda. Admirando paisagens de campos de criação de gado e de agricultura, alguns abaixo do nível do mar, chegaremos a Roterdã. Situada junto do rio Maas (Mosa), terra natal de Erasmus, considerado o "Príncipe do Humanismo", é o maior porto comercial do mundo. Por causa da destruição que sofreu durante a 2ª Guerra Mundial, foi reconstruída segundo um plano urbanístico racional e funcional e é hoje um exemplo de cidade moderna de vanguarda. Breve visita panorâmica. Continuação para Haia, a terceira maior cidade do país, onde se encontram os edifícios do governo, o Parlamento, as embaixadas e o Palácio da Paz, onde funciona o tribunal internacional da O.N.U. Breve visita panorâmica e parada para visitar Madurodam, a célebre Holanda em miniatura, pensada para as crianças, mas também interessante para os adultos. Continuação para Scheveningen, elegante estância balnear e porto pesqueiro situada no Mar do Norte. Passando junto a Wassenaar e perto de Leiden, cidade universitária onde nasceu Rembrandt, chegaremos a Amsterdã, a capital econômica da Holanda, principal centro comercial e segundo porto do país. A cidade está construída sobre estacas, enterradas na areia e no lodo. Amsterdã surpreende pela sua beleza natural e também pela sua riqueza arquitetônica e cultural. No final do dia, sugerimos um passeio de barco, com degustação de queijo e vinho, para admirar a beleza dos canais de Amsterdã e o ambiente da cidade também conhecida como "A Veneza do Norte" (opcional). Hospedagem.

6º Dia - Amsterdã

Café da manhã. Saída para visita de Amsterdã, cidade atravessada por numerosos canais, que a dividem em muitas ilhas, unidas por mais de 400 pontes, com os seus edifícios de fachadas características. Visita do Museu Nacional Rijksmuseum (entrada), com as grandes obras de Rembrandt e Vermeer, entre outros pintores. De tarde, possibilidade de participar em uma excursão opcional à região do lago Zuidersee para conhecer as aldeias típicas de Zaanse Schans e Volendam, na região dos diques e "polders" com visita a uma produção tradicional de queijos. No final da tarde, aproveite para conhecer o centro de Amsterdã, uma das cidades mais liberais e tolerantes da Europa. Hospedagem.

7º Dia - Amsterdã / Paris

Café da manhã. Continuação da viagem na direção de Kortrijk, na região da Flandres Ocidental. Entrada na França e passagem perto de Lille, capital da região da Flandres francesa, cidade com um passado histórico que depois das guerras se modernizou e se transformou em grande centro comercial e industrial. Depois de percorrermos parte da antiga região da Picardia, passamos ao lado do aeroporto de Charles-de-Gaulle e do Estádio de France, construído para a Copa do Mundo de 2002 e entramos em Paris, centro e referência cultural da Europa. À chegada, hospedagem. Esta cidade inconfundível é conhecida como "Cidade Luz" pelo encanto das suas praças, avenidas e monumentos iluminados. Não é por acaso que Paris é "ponto alto" em qualquer viagem à Europa!... Por isso, à noite, a nossa sugestão é o passeio para desfrutar o fascínio da cidade, que também inclui a viagem no tradicional "Bateaux Mouches" pelo Rio Sena (opcional).

8º Dia - Paris

Após o café da manhã, visita da cidade em que veremos por que Paris é o centro da moda, das artes, do turismo e do comércio. Nas grandes obras, ou nos lugares comuns, a cidade revela os atrativos que a tornam única e especial. No roteiro da visita, mencionando apenas os monumentos mais importantes, temos a Ópera, a Madeleine, a Praça da Concórdia, os Campos Elíseos, o Arco do Triunfo e a Torre Eiffel. Tarde livre em que sugerimos a visita opcional do Palácio de Versalhes. À noite, possibilidade de assistir ao fantástico espetáculo do "Paradis Latin" (opcional). Hospedagem.

9º Dia - Paris

Café da manhã. Dia livre para viver Paris: pela manhã sugerimos uma visita opcional à Notre Dame e à Paris dos Artistas. Depois, aproveite para conhecer os modernos centros de arte e lazer de La Villette, e do centro Pompidou, passeie nos bairros mais famosos: dos estudantes, em St. Germain, ou dos artistas, em Montmartre, com a Basílica de Sacré Coeur, e aproveite igualmente para desfrutar o fantástico comércio citadino.

10º Dia - Paris

Café da manhã. Dia livre.

11º Dia - Saída de Paris

Os serviços do hotel terminam com o café da manhã (o quarto poderá continuar ocupado até às 10 ou 12 horas, conforme as normas de cada hotel). Tempo livre até a hora do traslado ao aeroporto. Feliz viagem de regresso.

#BUSde60Lugares

17 views
Member of Beta
Member of UKinBound
Member of CPT
London Travel IN Limited

© 2018  London Travel in Limited. All rights reserved.